jump to navigation

Diga-me como comes e te direi quem és! julho 24, 2009

Posted by Elza Prado in Diversos, Exercícios Terapeuticos, Exercicios em Geral, Novidades!, Terapia Floral.
Tags: , , ,
add a comment

Oh! Beleza!  Há alguns anos fiz o curso do Valcapelli sobre Metafísica da Saúde e neste momento gostaria de compartilhar com os colegas terapeutas, alunos, e quem de repente se interessar pelo assunto. Pode ajudar no diagnóstico e no autoconhecimento.

Como lidamos com os fatos e acontecimentos começam na escolha do alimento, sendo a mastigação o primeiro contato e o conteúdo alimentar a nossa fonte de energia.

Boca seca:  se sente despreparado para algum fato

Salivação em excesso: preparo excessivo

Alimentos:

Gostar dos crus: aceitar as coisas como estão;

Gostar dos cozidos: prefere as coisas já elaboradas;

Gostar da macrobiótica: vai no cerne das coisas – se complica;

Gostar muito de folhas: mais periférico;

Carnívoro: carne impregnada de raiva – gosta de chumbo grosso;

Conservas: característica conservadora;

Massa: estar próximo, mas independente;

Doce: em busca de calor – energia – afetividade;

Atacar a geladeira: (compensação) atacando uma afetividade que não existe;

Pimenta: gostar de desafios;

Exagerando na pimenta: não vivencia os desafios do cotidiano;

Leite: não gosta – problemas com a figura materna;

Café: quer chegar e arrasar;

Chocolate: presença apagada, não fede nem cheira – deixa o fogo embutido – Necessário se abrir;

Maria mole: melosa – grude;

Rapadura: consistente;

Vinagre: para quem gosta: dê tudo desmontado – é fussento – gosta de participar;

para quem não gosta: dê pronto e ensine como funciona;

Anorexia: se nega a aceitar os fatos;

Exageros na comida: quando há desprazer na vida (gula);

Entojo:  mimo = restringe as experiências, necessita flexibilidade;

Muito seletiva

Gostar der chupar e roer ossinho de frango, galinha, por exemplo: agressividade reprimida;

Exagerar no Sal: (sal é elemento de condução) se colocar distante;

Gostaram então comentem!

Anúncios