jump to navigation

DIFÍCIL RESPIRAR! agosto 27, 2011

Posted by Elza Prado in Terapia Floral.
Tags: , , , ,
add a comment

Dia 25/08 o Programa Bem Estar trouxe o assunto alergia respiratória para discussão e eclarecimento.  Os Drs. Ana Escobar (Pediatra) e Lido Grane (Otorrino) foram convidados deram dicas de como limpar o ambiente usando pano úmido ao invés da vassoura, de usar o aspirador de pó. Falaram sobre os medicamentos, sobre o uso do soro fisiológico para limpar as narinas e muitomais.

30% da população tem alergia!  Vocês já imaginaram se todo esse público soubesse que pode usar as terapias naturais em conjunto com os tratamentos médicos tradicionais para ajudar a minimizar o sofrimento dos alérgicos e reduzir o consumo de antihistamínicos por exemplo.

Principalmente quando se trata de doenças crônicas, que se repetem de acordo com as circunstâncias do ambiente.

Eu sou adepta do tratamento multidisciplinar e da medicina integrativa onde se busca o bem estar do paciente como um todo sem preconceito.

Na Terapia Floral, que é a minha especialidade, principalmente no que se refere aos Florais de Bach e de Minas, não tratamos as doenças ou patologias apresentadas e sim as pessoas.  A doença como caminho indicando que determinados temperamentos reagem às circunstâncias, eventos, meio ambiente de certa maneira.  Não é ótimo saber que  gotas de essências de flores podem fazer verdadeiros milagres! É sempre bom olhar além daquilo  que estamos acostumados  a ver.  Metafisicamente falando quem sofre de RINITE por exemplo, é na sua maioria personalidade com temperamento extremamente perfeccionista, detalhista, não se permite errar, quer ser o melhor em tudo, este comportamento gera uma insegurança e medo com relação ao futuro ou mesmo desfecho de uma situação.

Costumamos utilizar neste caso específico as essências do Sistema Florais de Minas: Limpidus(equilibra o corpo imunológico), Salvia (repetição, estado crônico), Mirabilis (intolerância) mais a essência pessoal  ou as essências do Sistema Florais de Bach: Rescue Remedy, Chestnut bud, Beech mais a essência pessoal.

Não acreditem no que estou falando, experimentem! Vão se surpreender com o resultado.

Escrevam seus comentários, mesmo dúvidas que querem esclarecidas, terei prazer em retornar.

Sobre metafísica da saúde temos vários autores: Valcapelli e Gasparetto, Cristina Cairo, Louise Hay.

CURSO LIVRE DE FORMAÇÃO EM TERAPIA FLORAL agosto 16, 2011

Posted by Elza Prado in Diversos, Terapia Floral.
Tags: , , , ,
add a comment


Este curso agrega valor para vários profissionais como fisioterapeutas, dentistas, massagistas, Prof.de Yoga, naturólogos que queiram especialização em Florais, podólogas, educadores, psicólogos,  farmacêuticos, acupunturistas etc… e   pode ser uma nova profissão para Terceira Idade e para todo aquele que queira ajudar,  independente da profissão,  promovendo a recuperação e manutenção do bem estar e qualidade de vida.

Venha conhecer nosso curso, venha fazer parte deste time que está crescendo e ainda estará aprendendo a se conhecer.  Espero vocês!

TRATANDO A TPM agosto 11, 2011

Posted by Elza Prado in Diversos, Terapia Floral.
Tags: , , ,
add a comment

Ao contrário do que muitas pessoas ainda pensam,  a síndrome pré-menstrual, ou T P M existe e deve ser levada a sério,  não só pelas mulheres que passam por isso todos os meses, mas por todos que convivem com elas.   Relatos  mostram que na Grécia antiga já se observava que as mulheres, durante o período que precedia  a menstruação, tinham mais dores de cabeça e do corpo,  além de tensões psicológicas.  Mas foi só na década de 30 que surgiram as primeiras descrições sobre esse mal e apenas nos anos 50 que a médica britânica Katharina Dalton definiu a  síndrome.  Podendo ocorrer até 15 dias antes da menstruação, a T P M é um distúrbio muito mais comum do que pensamos e que afeta um grande número das mulheres em idade fértil, mas que ainda não tem suas verdadeiras causas definidas.  O que se sabe é que está diretamente relacionada com as variações hormonais, entretanto foram detectadas mais de cem sintomas que podem ser associados à síndrome.

Problemas físicos relacionados: sensação de falta de energia e cansaço exagerado, cefaléias, dores nas mamas e nas articulações, surgimento de acnes, alteração do apetite seja para mais ou para menos, retenção de líquidos,etc…

Problemas emocionais observados: irritabilidade, agressividade, diminuição da libido, choro fácil, isolamento e ansiedade.

Tratamentos habituais: prática de exercícios diários,  relaxamento além de uma dieta balanceada.  Nessa dieta, segundos os médicos, devem ser consumidos alimentos diuréticos como melão, melancia, alcachofra, agrião, chuchu, abacaxi e salsinha pois facilitam aliberação de água pelo organismo reduzindo o inchaço.  Consumir banana, damasco seco e erva-doce também é uma boa opção, uma vez que facilita o trabalho dos rins.   Alimentos ricos em magnésio como as nozes, amêndoas, banana, maçã e vegetais verdes também ajudam a reduzir o inchaço. Já  os ricos em vitamina B6 como o gérmen de trigo,a aveia e o melão, aumentam os níveis de serotonina no  cérebro substância responsável pela sensação de bem estar.  Além de prática de exercícios e de uma alimentação natural é recomendado evitar alimentos com cafeína como chá preto, café, guaraná e outros já que aumentam a ansiedade e irritabilidade.

Tratamentos Naturais eficazes:

Homeopatia, Acupuntura, ou ainda Terapia Cranio sacral em conjunto com a Terapia Floral.  Uma recomendação terapêutica floral que vai auxiliar e dar apoio ao tratamento: Feminalis + Bouque de 9 Flores + Aristoloquia + essência floral pessoal  (Essências do Sistema Florais de Minas).

Em conjunto com o tratamento médico, procure um terapeuta mais próximo de você,  pague pra ver, rápido e eficaz não tem preço!

TERAPIA DE INTEGRAÇÃO CRANIOSACRAL agosto 10, 2011

Posted by Elza Prado in Novidades!.
Tags: , , ,
add a comment

A Terapia de Integração Craniossacral vai relaxar o corpo a níveis bem profundos com os toques bem suaves. O craniossacral pode trazer muitos benefícios à saúde, aliviando sintomas decorrentes de problemas físicos e emocionais. Como terapia de apoio em situações de estresse e dificuldades psicológicas e emocionais, pode melhorar a qualidade de vida por promover uma integração do corpo, mente e espírito. Os resultados do tratamento são geralmente bem sucedidos,  mesmo quando outras abordagens terapêuticas fracassam.

A profundidade do trabalho pode ser explicada pelo fato da terapia ser aplicada no nosso sistema fisiológico mais importante e fundamental: o Sistema Craniossacral.  Ele é formado pelo fluido cérebro espinhal,  as meninges, os ossos cranianos e o osso sacro na base da coluna vertebral. O Sistema Craniossacral é o sistema mais importante porque envolve o Sistema Nervoso, que é composto pelo cérebro e a medula espinhal. Todas as funções mediadas pelo Sistema Nervoso Central dependem do fornecimento adequado deste fluido cérebro espinhal (liquor). Se a fisiologia do fluido cérebro espinhal (liquor) estiver alterada, o funcionamento do Sistema Nervoso Central pode ser afetado com prejuízos na saúde do corpo todo. Melhorar o funcionamento do Sistema Craniossacral significa melhorar a circulação do fluido cérebro espinhal (liquor), que circula entre as meninges, ao redor do cérebro, e ao longo de toda coluna vertebral.

Por sua intima relação com o Sistema Nervoso, podemos dizer que o bom funcionamento do Sistema Craniossacral é o requisito básico para o seu equilíbrio e de todos os outros sistemas por ele influenciados (Circulatório, Respiratório, Hormonal, Imunológico, etc.), ou seja, o corpo todo.

A circulação do fluido cérebro espinhal (liquor) produz um movimento rítmico como as marés. Este ritmo pode ser percebido por meio de palpação, como se fosse um tipo de inspiração e expiração, em todas as partes do corpo. A qualidade deste ritmo serve como base de diagnóstico de como a saúde esta se expressando nos níveis físico, emocional e mental.

A Terapia de Integração Craniossacral é procurada por diferentes razões, porque são muitos os seus benefícios para tratamento. Ela restaura a saúde de dentro para fora. Eu costumo dizer que ela trabalhar igual à homeopatia, sempre de dentro para fora, porque trabalha com a causa e não com o sintoma. A causa é muito mais importante que os sintomas. Um tratamento realmente efetivo terá que lidar com a origem do problema, e não apenas com os sintomas. A principal intenção do tratamento Craniossacral é restaurar o movimento natural rítmico dos tecidos e do fluido cerebrospinal, liberando o padrão de inércia que pode ter sido instalado. Craniossacral visa movimento e saúde.

A Terapia de Integração Craniossacral visa a Saúde e não a doença. A saúde sempre esta dentro de nós. Craniossacral é saúde transbordando no nosso corpo. A terapia mostra o caminho da saúde para nós e essa saúde muitas vezes está escondida, camuflada por diversos motivos como a correria, o estresse, a má alimentação, dormir pouco, entre outros. É indicada como terapia preventiva por aumentar a resistência do Sistema Imunológico e a capacidade de auto-cura, que é natural do corpo, ou seja, o Craniossacral pode ser feito para continuar transbordando a saúde.

Também é indicada para qualquer idade desde recém nascidos até idosos, gestantes e pós-parto, relaxamento, traumas (acidentes, perdas, cirurgias), dores crônicas, dores agudas, fibromialgia, disfunção de ATM, problemas de mordida, rinite, sinusite, pressão alta, depressão, ansiedade, insônia, estresse, artrites, nervo ciático, zumbido, TPM, febre, cólicas menstruais, cólicas e distúrbios digestivos, dores e problemas na coluna (costas), dores de cabeça, enxaquecas, estrabismo, torções, tendinite, dificuldade de aprendizagem, tensão muscular, efeito chicote, lordose, escoliose, paralisia facial temporária, nervosismo, preocupações, tensões, cansaço crônico, fobias, tensões no corpo, alguns tipos de problemas visuais, alguns tipos de problemas auditivos, dentre outros, sendo todos ligados ao sistema nervoso. , relaxamento

A vida se manifesta como um movimento contínuo, um fluir; e existe uma forte relação entre movimento e saúde. O Craniossacral proporciona movimento e saúde para o nosso corpo, trazendo uma sensação de integração, relaxamento e bem-estar e de como é bom viver com movimento e saúde.

Sobre a Terapia Craniossacral:
A Terapia Integração Craniossacral tem sua base nos estudos pioneiros do osteopata americano Dr. William Sutherland, no inicio do século 20 (1920-1930 aproximadamente). Ele observou que os ossos do crânio permitiam um pequeno grau de movimentação entre eles, uma idéia radical que contrariava os textos de anatomia da Escola Inglesa que ensinavam que os ossos cranianos eram solidificados antes da idade adulta. Desenvolveu pesquisas e experiências que deram origem a um sistema de tratamento chamado de osteopatia craniana.

Desde os anos 70, o osteopata James Jealous continua os estudos da odisséia perceptual de Sutherland, desenvolvendo o modelo biodinâmico da osteopatia craniana, revolucionando e inovando a prática da osteopatia tradicional.

Outro médico e osteopata americano, Dr. John Upledger, descobriu acidentalmente o Sistema Craniossacral durante uma cirurgia de rotina e desenvolveu uma série de pesquisas na Universidade de Michigan que comprovaram e deram origem as bases científicas do sistema craniossacral, sua função e técnicas de tratamento que podem resolver uma grande gama de problemas de saúde, a chamada Craniosacral Therapy.

Já nos anos 80, Franklin Sills desenvolveu a abordagem da chamada “Biodynamic Craniosacral Therapy”, considerando as forças dinâmicas criadoras e organizadoras do corpo humano. A expressão destas forças, por meio da chamada Respiração Primária, pôde ser percebida pelo terapeuta como ciclos palpáveis de expansão e contração. Tais movimentos são emanados do “Sopro da Vida”, termo cunhado por Sutherland para descrever o substrato profundo das manifestações físicas que refletem uma eficácia dimensão perceptual não-física.

Nesta abordagem moderna, os terapeutas atuam como facilitadores das condições em que as forças naturais do corpo podem ser otimizadas para que as auto-correções ocorram com segurança e eficácia.

Créditos para Adriana Cintra,autora do artigo,  começou a se interessar pela Terapia de Integração Craniossacral em 2002, quando se encantou com a fisiologia do Sistema Craniossacral e pôde constatar como ele é capaz de promover a saúde no corpo humano.

Shame on me! vamos celebrar! agosto 10, 2011

Posted by Elza Prado in Exercícios Terapeuticos, Novidades!, Uncategorized.
Tags: ,
1 comment so far

É  isso mesmo, shame on me!  de que adianta divulgar o site da Academia Terapeutica se ele não estiver atualizado!  Voces vão ver  quanta coisa boa, quanta informação!  De volta e  celebrando muitas novidades boas para mim e para todos que me acompanham, é verdade que muita água rolou por debaixo da ponte, mudei de endereço tanto para atendimento como para as aulas. Me juntei a outros cinco terapeutas e formamos o CTI  Centro de Terapias Integradas. Temos também, agora o Espaço Saúde – Hahnneman em parceria com a Marisa da Farmácia Hahnneman, eterna incentivadora das terapias naturais. O trabalho social com o grupo V.I.D.A. volta com tudo, agora no ETEC – Suzano.  Como tambem tomei contato com uma nova modalidade terapeutica, que,  como a Terapia Floral trata o Ser de dentro para fora, trata-se da Terapia CranioSacral.  Silenciosa, sutil, elegante  com toques apropriados o corpo abraça a lesão.  No CTI Centro de Terapias Integradas temos uma excelente professora, que dá esse curso como ninguém, o nome dela é Marcia Barros, mais informações pelo telefone 11 4743-7789.